Notas de corte Psicologia Sisu 2018

Nota de corte curso de Psicologia Sisu 2016

Você sabe qual a nota mínima, ou nota de corte de Psicologia  2016 ?

Nota de corte curso de Psicologia Sisu 2016

Neste artigo o Melhores do Enem apresenta a nota de corte curso de Psicologia Sisu 2016. É uma ótima oportunidade para verificar os pontos necessários para ingressar em uma Faculdade de Psicologia e ter sucesso no resultado Psicologia Sisu 2017.










Confira ainda as notas de corte Sisu 2016 por instituição.

Com base na nota de corte do Sisu 2016 será possível fazer uma perspectiva para o resultado Sisu 2017. Lembrando que o resultado do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – será divulgado somente no dia 19 de janeiro de 2017.

Confira a nota de corte curso de Psicologia Sisu 2016

A nota de corte do Sisu 2016 para o curso de Psicologia variou de 657,02 a 828,41 para as vagas de ampla concorrência.

A menor nota de corte entre as 57 instituições que ofertaram vagas em curso de Psicologia foi registrada na UFRR (Universidade Federal de Roraima).  Já a maior nota de corte foi contabilizada na UFPA (Universidade Federal do Pará). Veja no gráfico dinâmico o resultado em cada uma das instituições de ensino superior que utilizam a nota do para selecionar os estudantes.

 





Resultado curso de Psicologia Sisu 2017

No gráfico dinâmico apresentado aqui também é possível consultar a nota de corte Sisu 2016 de outros cursos. Basta escolher a opção disponível no início do gráfico.

Outra opção é definir a nota de corte a partir da modalidade de concorrência. Ao pesquisar a é possível criar uma perspectiva para o resultado Psicologia Sisu 2017.

O cronograma do Sisu ainda não foi definido, mas a expectativa é que entre o final de janeiro e início de fevereiro seja realizada a seleção e publicado o resultado Sisu 2017. Aqui no Melhores do Enem faremos a melhor cobertura na divulgação das notas de corte e do resultado final do Sisu 2017.

Cristiano Alvarenga

Jornalista com mestrado em Comunicação pela Unesp. Especialista em Marketing de Conteúdo e Jornalismo de Dados.

Deixe uma resposta